Jornal Folha Ribeirão Pires

Morre o homem vítima de explosão de botijão de gás em Ribeirão Pires

Segunda-feira, 18 de feveiro de 2008


Foi enterrado na última quinta-feira Edval Raimundo de Souza, 52 anos. Ele ficou internado por aproximadamente 10 dias após uma explosão de botijão de gás no bairro do Parque Aliança, em Ribeirão Pires, ocorrida na noite do dia 3 deste mês. A casa ficou destruída Segundo o irmão, Francisco Raimundo, ele morava sozinho e quando foi colocar uma caneca de água para fazer um arroz, ocorreu a explosão. ?Eu estava viajando quando aconteceu a explosão e parece que ele estava me esperando antes de morrer. Nós chegamos a conversar e ele me disse que colocou água para fazer o arroz e, provavelmente, assim que riscou o fósforo aconteceu a explosão e, com certeza, havia um vazamento de gás?, lembra. Francisco disse ainda que o irmão estava internado em São Paulo com várias queimaduras. Ele faleceu na noite de terça-feira e foi enterrado na quinta pela manhã no Cemitério de Ribeirão Pires. As autoridades dizem que apesar de parecer inofensivo, o botijão de gás é uma ?bomba? em potencial e qualquer descuido pode provocar um acidente de proporções graves. E anunciam que alguns cuidados básicos podem evitar acidentes: - Identifique o distribuidor e verifique o estado geral do botijão (lacre, amassamento, pintura); - Guarde o botijão em local ventilado e longe de fonte de energia elétrica; - Para rosquear o regulador (registro) no botijão, gire a borboleta no sentido horário, utilizando somente as mãos. - Teste se tem vazamento utilizando espuma de sabão. Se borbulhar, é sinal de vazamento. Nunca use fósforo ou isqueiro para fazer o teste, pois há risco de explosão; - A mangueira deverá ter no máximo 80 cm, ser transparente, com uma faixa amarela e a indicação NBR 8613 e data de validade; - Não utilize o botijão de gás deitado; - Feche sempre o registro geral após o uso do fogão; - Em lampião e fogareiro, utilize somente a botijão de 2Kg; - Em caso de emergência, ligue para o telefone 193 - Corpo de Bombeiros. Em caso de vazamento sem fogo no botijão - Feche o registro ou retire-o do local. - Agir de maneira rápida e consciente nessa situação é muito importante e exige que a pessoa mantenha a calma e não se impressione com o vazamento de gás. - O ato de se aproximar do botijão para removê-lo do local ou para fechar o registro não causa risco à saúde; o gás de botijão só é perigoso à saúde quando toma todo o ambiente, expulsando dali o oxigênio, o que pode causar asfixia. Deve-se tomar extremo cuidado para evitar o risco de um incêndio. - Desligue a energia elétrica. - Abra todas as portas e janelas, principalmente para o exterior da residência. - Isole o restante da residência. - Retire o botijão para um local isolado e ventilado, evitando arrastar o botijão ou contato com qualquer objeto que possa soltar faísca, podendo causar um incêndio. - Abandone o local e chame a assistência técnica gratuita da sua distribuidora. Em caso de vazamento com fogo no botijão - Se possível feche o registro e retire-o do local. - Se as chamas não apagarem, retire-o para um local isolado e ventilado para que o gás queime até acabar. - Se não tiver condições de retirá-lo do local, afaste todos os móveis próximos ao botijão e acione os bombeiros.