Folha de Ribeirão Pires

18/04/2017 10:21 - Polícia

Polícia Civil de Rio Grande da Serra investiga morte suspeita de pai e bebê de um ano

Corpos foram encontrados no interior da residência da vítima, sem sinais de violência

Caso será investigado pela Delegacia de Rio Grande da SerraA Polícia Civil de Rio Grande da Serra trabalha desde o último dia 14, feriado de Sexta-Feira Santa, no caso de morte suspeita de um homem de 46 anos e de seu filho, um bebê de um ano e três meses. Os corpos das vítimas foram encontrados no quarto do pai. 
 
O caso foi registrado na Delegacia de Ribeirão Pires, por volta das 4h30 da madrugada de sexta-feira.
 
A ocorrência foi atendida pela Polícia Militar acionada para comparecer no Jardim Santa Tereza, em Rio Grande da Serra. O chamado foi atendido por volta da 1h50 da madrugada.
 
No local, em um cômodo da residência, foi localizado o corpo do homem, deitado em um colchão no chão, e a criança, caída no meio do cômodo, ambos mortos, sem sinal de violência.
 
Ainda de acordo com o Boletim de Ocorrência, os corpos foram localizados pela mãe da criança, ex-mulher da vítima.
 
Relatos registrados oficialmente no documento dão conta de que o casal estaria separado há cerca de seis meses e alguns dias antes do crime, a ex-esposa teria dado entrada no pedido de pensão alimentícia para a criança.
 
Um dia antes da localização dos corpos, o homem teria procurado a ex-esposa para pegar o filho, justificando que o levaria ao parquinho e não mais se comunicou com a mãe da criança.
 
Após buscar contato com o homem durante todo o dia, a mãe da criança teria se dirigido à residência do ex-marido, onde localizou os corpos em estado avançado de decomposição.
 
A reportagem conversou com o delegado titular de Rio Grande da Serra, Dr. André Luís José dos Santos, que afirmou que a investigação do caso depende de laudo pericial, já que não há sinais de violência em nenhum dos corpos. Um inquérito já foi instaurado e a Polícia segue trabalhando para o levantamento de novas informações que possam ajudar na resolução do crime.


Polícia investiga morte de enfermeiro


A Polícia Civil de Rio Grande da Serra ainda segue investigando o caso da morte do enfermeiro Luiz Carlos da Silva, 64 anos, assassinado dentro de casa no Jardim Santa Tereza.
 
De acordo com a Polícia Civil do município, o caso vem sendo trabalhado pela equipe de investigação, com o levantamento de informações que possam levar à resolução do crime, porém, nenhum dado pode ser fornecido, já que pode interferir no andamento da investigação.
 
Luiz Carlos foi encontrado na noite do último dia 11, no interior de sua residência após seu desaparecimento e forte mau cheiro vindo do interior de sua casa chamar atenção da população.
 
O  corpo do enfermeiro foi localizado em avançado estado de decomposição, com os pés e as mãos amarrados com um fio de plástico e ferimentos no peito e pescoço.
 

+21
+22°
+16°
Ribeirao Pires
Terça-Feira, 24