Folha de Ribeirão Pires

27/10/2011 09:44 - Polícia

Pai de criança agredida em escola da Estância fala sobre o caso

Baixe o Flash Player para assistir este vídeo.

Anderson Ciro concedeu entrevista à Folha, onde contou sobre
como ficou sabendo da agressão e o que pensa sobre

Pai da criança de três anos agredida na Creche Escola Municipal Yoshihiko Narita, em Ribeirão Pires, Anderson Ciro Calista da Silva falou com exclusividade à Folha sobre o caso na tarde da última sexta-feira. Motorista de 26 anos, Anderson confirma que só ficou sabendo da agressão na quinta-feira, através da direção da escola, após o vídeo se espalhar pelas redes sociais e ganhar destaque nos jornais.

“A diretoria me ligou na quinta-feira, pedindo para que eu comparecesse na creche para me informar o ocorrido. Disse que não podia falar por telefone, só pessoalmente”, começa Anderson Ciro.

Segundo o motorista, somente quando chegou ao local onde aconteceram as agressões é que pode conferir as imagens que gerou revolta na internet.

“Lá eles passaram o vídeo, me explicaram tudo o que aconteceu e o procedimento que estavam tomando. Também me aconselharam a procurar a Delegacia de Polícia e registrar o boletim de ocorrência, o que aconteceu mais tarde”, explica o motorista.

Anderson ainda diz que não tem ciência de outros casos de violência na escola envolvendo seu filho, porém, acredita que possam ter ocorrido outras agressões no dia em que o vídeo foi gravado.

“Não um dia antes, mas no dia (do vídeo) sim, aconteceu alguma coisa a mais, porque ele já estava cabisbaixo e chorando”, explica Anderson.

“Meu filho é uma criança normal, agitada, mas já por ser de instinto dele. Não sei o que se passa, talvez não pela criança, mas, sim por quem fez o ato. Você pode ver no vídeo que a criança está sentada e já tinha acontecido alguma coisa, porque o vídeo cortou. Ele já estava chorando, pois estava de cabeça baixa. A professora vem e o puxa pela gola da camisa e depois ainda pressiona o rosto dele contra a cadeira”, explica Alexandre.

Ao final da entrevista, o pai se mostra preocupado quanto a reação do filho com a dimensão que o caso vem tomando.

“Ele está achando estranho, todo mundo perguntando sobre o que aconteceu. Está ficando meio pensativo a respeito de tudo”, finaliza o pai.

A professora acusada de agredir a criança está afastada. A secretaria de Educação da Prefeitura de Ribeirão Pires diz que continua apurando o caso. Coincidentemente, um dia antes um estudante de 15 anos da Escola Estadual Américo Brasiliense, em Santo André, também foi agredido em sala de aula. A vítima foi agredida por um professor de educação física, e sofreu três pontos no supercílio esquerdo e escoriações no cotovelo.

Confira a entrevista completa com o pai na TV Folha.



Atualizado dia 30/10, às 19h214

------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
Um vídeo, de aproximadamente oito segundos, acabou por afastar uma professora da Escola Municipal Yoshihiko Narita, no Bairro Santa Luzia, Ribeirão Pires. Publicado na internet no último dia 24, as imagens mostram uma criança sendo agredida pela docente, que seria concursada.

 

O vídeo mostra uma sala de aula, com cerca de 10 crianças, e uma professora sentada em uma cadeira. O ângulo filmado não permite identifica-la. A professora, por motivos ainda não esclarecidos pela prefeitura da Estância, puxa a criança pela gola da camisa para perto de si, e logo em seguida puxa a cabeça da criança. Ainda no referido vídeo, pode-se ouvir a voz de uma mulher dizendo “Para, fecha essa boca”, além de uma frase incompreensível.

Nota-se que durante todo o vídeo a criança se mantém sentada no chão, com as pernas cruzadas, e não esboça nenhum comportamento fora do comum.

Em relação ao episódio envolvendo professora da Escola Municipal Yoshihiko Narita, a Prefeitura de Ribeirão Pires informou que já tomou as providências administrativas tão logo tomou conhecimento dos fatos. A Secretaria de Educação e Inclusão determinou a imediata instauração do processo administrativo disciplinar 8951/2011 para apuração das responsabilidades e qualifica o fato como lamentável e inadmissível. Juntamente com a instauração foi determinado também o imediato afastamento da professora para que não haja qualquer tipo de prejuízo às investigações. Segundo a administração, trata-se de fato isolado na rede municipal de ensino. 

Coincidentemente, ontem um estudante de 15 anos da Escola Estadual Américo Brasiliense, em Santo André, também foi agredido em sala de aula. A vítima foi agredida por um professor de educação física, e sofreu três pontos no supercílio esquerdo e escoriações no cotovelo.

Confira o vídeo da agressão no link abaixo:
http://www.youtube.com/watch?v=f9P49uZvpGU

Comentários


flavio
27/10/2011 - 18:08
Isso não é agressão, esta apenas puxando uma crinça pela camiseta ajeitando-o do seu lado.
Chega de sensacionalismo!

Responder

nana
28/10/2011
16:48
manda seu filho para ela chacoalhar, seu tonto, o filho não era seu por isso voce defende essa safada

Responder

Maria
28/10/2011
17:14
concordo, chega de sensacionalismo é bom lembrar que tem vidas em jogo e se as pessoas acham tão ruim essa creche porque não tiram seus filhos de lá, vamos para de hipocrisia

Responder

Mellyssa
28/10/2011
19:09
E se fosse com seu filho ? Você iria querer que uma professora que esta lah pra ensinar ele o puxasse desta forma pela camiseta , sensacionalismo ou não , isto não pode acontecer... Cuidado com o que você fala , pois você pode ser uma próxima vitima e duvido muito que você irá gostar , e se você ainda não tiver filho , um dia você vai ter e só aí você vai entender como doí alguém pegar o nosso filho desta maneira ... É fácil nos pronunciar quando não estamos envolvido na SITUAÇÃO ...

Responder

anonimo
28/10/2011
22:24
se isso nao é agressao, entao leva seu filho(a), ou alguma crinça da sua familia lá pra essa bruxa colocar perto dela, pimenta nos olhos dos outros é refesco, se fosse com a minha filha ela ia ver só.essa escola (creche) nao presta e nunca prestou existem muitas reclamaçoes dela mas abafam só por conta de status. sem vergonhas

Responder

angela
29/10/2011
21:49
voce diz isso pq nao é seu filho pq se fosse vc iria sentir na pele

Responder

anderson
30/10/2011
18:07
talves se fosse seu filho vc pensaria diferente

Responder

sol
31/10/2011
14:31
você deve ter amizade com essa desequilibrada!!!!!!!Chega de violêcia

Responder

bianca
31/10/2011
21:57
Porque foi assim que vc a ensinou a ajeitar uma criança, então dê a sua pra ela ajeitar, ou vc não sabe da lei da criança leia e vc vai entender,

Responder

BIANCA
31/10/2011
21:59
RELAMENTE TEM VIDA EM JOGO A DO MENINO QUE FOI AGREDIDO, NÃO A SUA E NEM A DO SEU FILHO, VC É PARENTE DELA, ENTÃO FAÇA A LEI PREVALECER,

Responder

cla
02/11/2011
16:03
porque nao éra filho seu

Responder

cla
02/11/2011
16:08
maes que trabalhao e amam seus filhos nem sempre tem condiçoes de passar o dia inteiro com seus pequenos mais vc que não deve ser mãe ou nao trabalhar merece sim ter um filho em creche com educadoras como esta sua ...

Responder

bianca nery
03/11/2011
19:09
nao e com seu filho , queria ver se fosse com seu filho quealseria sua reaçao, lamentavel

Responder

Anonimo
08/12/2011
18:25
Isso é porque não é teu filho ...

Responder

ana lucia da silva soares
29/09/2012
00:33
com serteza voce é madrasta ou palhaço pra escrever oque escreveu melhor ficar quieto por favor

Responder

marlene
27/02/2014
14:10
é preciso saber mais sobre este tipo de chocoalhão que as criança recebem dos pais ou prof^ª . É prejudicial a saúde.A Síndrome do Bebê Sacudido (SBS) é um tema muito importante de ser abordado com seus amigos e familiares.

Responder

marlene
27/02/2014
14:14
sei que isto aconteceu em 2010 mas só acessei hoje quero dizer ao sr Fabio o seguinte: E preciso saber mais sobre este tipo de chocoalhão que as criança recebem dos pais ou profª . É prejudicial a saúde.A Síndrome do Bebê Sacudido (SBS) é um tema muito importante de ser abordado com seus amigos e familiares. Deixe seu filho para levar safanão na escola assim eles fazem o serviço para vc.

Responder



Anonimo
27/10/2011 - 10:14
Mentira isso nao foi um caso isolado, meu filho estudava nessa escola e um dia ele disse que a professora tinha batido nele(nao é a mesma professora), e para evitar maiores problemas eu mudei ele de escola, mas poxa cadê a diretoria?
e será que eles nao selecionam direitos os professores?

Responder

CASAD
28/10/2011
23:48
Não acredito que devemos achar que, o que aconteceu seja certo,porem se existe um ser humano na face da terra, que nunca tenha errado seja lá como for, que atire a primeira pedra,pois julgar é muito facil, difícil é ser julgado por si mesmo, não estou defendendo, porém somente Deus tem o direito de condenar o ser humano cheio de falhas erros e pecados,e ele como salvador do mundo veio para que todos tenham o direito ao perdão, agora só cabe a Jesus o salvador do mundo julgar, pense nisso...Papai e Mamãe desta criança confie em Deus que tudo será esclarecido.

Responder

BIANCA
31/10/2011
22:05
MINHA CARA RELAMENTE DEUS FAZ TUDO POR NÓS, MA UMA COISA VC PRECISA ENTENDER QUE TEM COISAS QUE DEUS NÃO FAZ POR NÓS, E FAZER O POSSIVEL, E O POSSIVEL E REVELAR A COVARDIA DESSAS TIPOS DE PESSOAS, SABE PORQUE CONIVÊNCIA TBÉM É PECADO E PIOR SABER O PECADO DELA E ACHAR QUE É NORMAL, PODE SER QUE ELA SE ARREMPEDEU MAS AQUI SE FAZ AQUI SE PAGA. E ELA VAI COLHER O QUE ELA FEZ, SE ARREPENDENDO OU NÃO.
EU ORO POR ELA TBÉM. MAS QUANTOS COMO ELA ESTÃO FAZENDO O MESMO.

Responder

clau
02/11/2011
16:17
nao adianta ficar arrumando desculpas basta lembrar que para varrer rua,fazer comida ou qualquer outra função na prefeitura TEM QUE PAGAR O CONCURSO PUBLICO então ela teve tempo de pensar bem se tinha capacidade de cuidar de crianças indefesas OU SE VARRIA RUA, que claro é uma função digna como qualquer outra.mais ai ela descontaria suas frustações nas pedras suando a camisa no sol e refrescando a cabeça na chuva

Responder



nana
27/10/2011 - 10:17
manda essa covarde bater em mim, eu vou mostrar pra ela o que aprendi com as artes marciais, se fizer isso com meus netos vai levar uma surra viu oh valentona

Responder



karina
27/10/2011 - 10:20
caso isolado??? essa mulher ta batendo nas crianças já faz tempo, não se fala em outra coisa no bairro santa luzia.

Responder



Alexandra
27/10/2011 - 10:29
imagina se é com minha filha que tem a mesma idade dessa criança viraria caso de policia eu não deixaria por menos

Responder



LEA
27/10/2011 - 11:01
É por causa desse tipo de pessoa(professor) que as crianças não querem ir a escola, não estou falando de todos, as minhas filhas frequentaram a creche e foram bem tratadas e até hoje sao continuam na rede da prefeitura. Se a mulher em questão estava com algum problema, deveria não ter ido a escola, ficassem em casa,agora descontar numa criança indefesa isso jamais deveria acontecer.

Responder

PAULO.P
27/10/2011
19:20
VAMOS SE UNIR E CHAMAR O DATENA O CQC PORQUE ISSO VAI SER ABAFADO, COMO FOI FEITO A AGRESSÃO DE UM FUNCIONÁRIO DA GARAGEM MUNICIPAL QUE O DIRETOR FRANCISCO CARLOS O CHICO AGREDIO COM SOCOS E PRENDEU EM UMA SALA, EO SECRETARIO O sr;REGIS ABAFOU TUDO EA OUVIDORIA DISSERAM QUE ESTÃO APURANDO OS FATOS ATE QUANDO, MAIS PESSOAS QUE PUDEREM MANDAR MENSAGEM E DENUNCIAR ESTA VERGONHA PRO DATENA E MELHOR,O NUMERO E 72261, VAMOS JUNTO SE UNIR E MOSTRA A VERDADE.

Responder

Daniele
27/10/2011
19:43
Se faz necessário uma apuração do caso, visto que o vídeo mostra que haviam mais pessoas na sala, que se viram tal fato foam coniventes com a situação.

Responder

design
28/10/2011
08:31
fazer ela pega 10 anos de cana...pa aprender viver

Responder

anonimo
28/10/2011
22:28
eu e meus amigos estamos compartilhando o video no facebook, e mandamos o video para o datena no site dele e para o ratinho tbn pelo site, vamos nos juntar e mobilizar pois nao mercemos que nosso filhos sejam destratados nas escolas.

Responder



M.fatima
27/10/2011 - 20:59
O caso desta creche foi muito triste,porque o video apresentado foi a tona,por causa de uma pessoa estupida que gravou o video e deixou a maquina na mão de terceiros que colocaram o video indevidamente no youtube,e fala ainda que fizeram denuncia,foi azar demais uma pessoa estupida e ignorante e sem noção ser tida como fez um bem a sociedade é inaceitavel o que ocorreu mas dizer que a pessoa ajudou alguem ela fez e acabar com a vida de um monte de pessoas e expor a vida de profissionais de verdade que trabalham com seriedade nesta escola ficarem mais sujos que pau de galinheiro...Deveria ser processada tambem essa pessoa ou essas pessoas que estão envolvidas com essa postagem de video no yotube e demais redes sociais...A minha critica é tambem aos profissionais que trabalham em area da Educação que ensinem aos seus funcionarios Sejam municipal ou Estadual o que é Etica E cidadania,pois eles mesmos defamam seus colegas de profissão espalhando boatos,conversas e um detonando o outro e ainda tem a cara de Pau de trabalhar junto,mas são verdadeiras viboras pisou nelas mordem seu calcanhar é lamentavelmas é real

Responder

Roberta
28/10/2011
13:55
M. Fatima

Vc é parente da agressora????
Ta defendendo ela pq não foi com seu filho né???

Se fosse com minha filha, nem precisava ir pra delegacia nem nada, eu msm ia ensinar essa "senhora" como é bom apanhar e ser humilhada!!!!!

Ela tem que pagar e muito caro pelo que fez e devia fazer com essas crianças!!!!

Responder

nana
28/10/2011
16:52
estupida é voce, quem gravou fez muito bem, ha quanto tempo isso vem acontecendo? ninguem teve coragem de denunciar, eu iria direto na delegacia, ja que a diretora não tomava providencia, vai se catar, sua tonta

Responder

lily
28/10/2011
22:31
fatima estupida é vc, e esse monstro que se intitula professora, se fosse com minha filha que tbn estuda numa escola municipal, que por sinal é uma otima escola e nao essazinha ai que ja aconteceram varios fatos que abafaram e cairam no esquecimento ela ia sentir o peso da minha mao.pimenta nos olhos dos outros é refresco

Responder

CLAU
02/11/2011
16:27
DONA M DE FÁTIMA
PREFIRO ACREDITAR QUE VC ENTENDEU QUE A CRIANÇA BATEU EM UMA JUMENTA VELHA INDEFESA, NÃO FAZ SENTIDO ESSA SUA DEFESA POIS OU VC NÃO É MÃE OU É IDIOTA MOR.
LAMENTO POR VC.

Responder

marlene
27/02/2014
13:55
Não tem que processar quem fez o vídeo e sim a prefeitura e os demais diretores da educação municipal... quando se fala de mensalão aí todo mundo quer saber a verdade está certo.mas qdo é coisa de maus tratos de menores ficam todos cheios de dedos. pq será ? Porque criança não sabe se explicar muito bem e as vezes só bom psicólogo entenda o que ele quer dizer. Acho que quem tá defendendo tem o rabo preso. com os demais. Até mesmo o conselho tutelar de Ribeirão Pires acha certas atitudes de responsáveis por menores relevante e não é. Tem atitude de pais e professores que causam problemas futuros no comportamento do menor. Sou professora e sei bem como são prejudicial certos comportamento dos adultos para as crianças.


Responder



Nice
27/10/2011 - 22:44
TODO MUNDO FALA QUE ESSA PRAGA BATE NAS CRIANÇAS SIM, MAS COMO NINGUÉM TINHA PROVA DEIXAVA POR ISSO MESMO. ELA TEM QUE PAGAR SIM PELAS VIOLENCIAS QUE FAZ CONTRA AS CRIANÇAS INDEFESAS QUE ÃO TEM COMO SE DEFENDER. TEM QUE HAVER INVESTIGAÇÃO PARA APURAR E MANDAR ESSA ORDINÁRIA PRA CADEIA.

Responder



Paula Maria
28/10/2011 - 09:23
A Secretaria de Educação e Inclusão não deveria apenas afastar este ser , e sim destitui-lo do cargo. Isso não deve ser chamado de educadora e sim de desmotivadora de vidas, pois fazer isso com uma criança, deixa-la desmoralizada e humilhada diante de seus amiguinhos, não só a agressão fisica, mas principalmente psicologica, a qual não irá cicatrizar jamais.Pena que não mostra a cara desse ser, para que fique registrado, pois eu como moradora, contribuinte e mãe de aluno de creche municipal de Ribeirão Pires, estarei de olho para ver como acaba isso.Pois tem acontecido coisas nas creches as quais devem ser tomada providências, como a uma semana atrás, apareceu ratos em uma outra creche de Ribeirão , a qual não foi divulgado em lugar nenhum, o caso foi abafado, e quando uma mãe ligou na vigilância sanitária, perguntaram a ela se realmente queria denunciar, porque se denuncia-se onde ficaria o filho dela. Esses absurdos não devem ser aceitos,
senão Ribeirão Pires, irá se tornar um lugar comum, e deixará de ser o tal lugar "O bom é viver aqui."

Responder

Marli
30/10/2011
17:42
Sou funcionária da PMRP e tenho muito orgulho disso, porém infelizmente existem pessoas boas e más em todos os ambitos do País, e acredito que a PMMR é uma mãe para as crianças e munícipes da cidade; pois todos contam com uma alimentação rica em vitaminas com carnes, saladas, frutas, etc...todos os dias; banhos, fraldas, uniformes, materiais de hgiene e pedagógicos, além de verbas que todas as Escolas Municipais de Ribeirão Pires recebem para que o Diretor junto com a APM da Escola desenvolvam um Plano de Trabalho priorizando as necessidades da Escola para maior qualidade do Trabalho realizado com as nossas crianças.Também fiquei indignada com o que aconteceu com a criança, mas não podemos por conta deste fato generalizar todos os funcionários e todas as coisas boas que acontecem nas Escolas, mesmo em questão do RATO que apareceu em uma das Escolas, a Escola com certeza tomou as medidas cabíveis para o fato, onde a Vigilância Sanitária esteve presente na Escola fêz o trabalho de Desratização no próprio dia e ainda veio até a Escola também a Nutricinista da Merenda que auxiliou na higienização dos Gêneros alimentícios e no descarte das frutas visando o bem estar das crianças sempre!!! Deixo uma pergunta á essa pessoa que está falando da Escola que apareceu o RATO, " Você divulga os seus problemas á todos ou você procura resolvê-los? Discressão é tudo que precisamos ter para evitar maiores problemas; pois a intenção foi resolver a questão e tudo o que foi necessário foi feito em tempo hábil, não vamos confundir ser negligentes como no caso da Professora, com ser responsáveis e ético no caso do RATO!!!!!!!!! Porém que seja feito a justiça!!!!!!!

Responder

EU
02/11/2011
16:39
MARLI VC TEM UM CASO SÉRIO DE "RABO PRESO" COM A PREFEITURA POIS SOU FUN.PUBLICA TAMBÉM E SEI QUE TODOS ESSEs RECURSOS QUE VC CITOU É MERA MAQUIAGEM. A ATENÇÃO COM O FUNCIONÁRIO É QUASE DESUMANO E NÃO É UM CASO ISOLADO NÃO MESMO. POIS HÁ UMA FUNCIONÁRIA AQUI NA SECRETARIA CHAMADA ELZA QUE FOI REMANEJADA DA FUNÇÃO DE EDUCADORA POR MAUS TRATOS
ACORDA

Responder



FJP
28/10/2011 - 17:46
A atitude desta educadora é inaceitável por tratar-se de uma criança indefesa. Por outro lado, deve-se levar em consideração que os alunos (as)também não são santos.... alguém já pensou no caso da professora que levou um tiro em São Caetano do Sul??? e se esta educadora tivesse morrido ou ficado tetraplégica por um ato indelinquente de um aluno,onde foi alvejada covardemente pelas costas??? será que os pais estariam neste momento "batendo palmas" pelo delito??? Chega de demagogia.. srs pais eduquem melhor os seus filhos e não joguem a culpa da má educação nos educadores!!! ninguém tem sangue de barata....

Responder

Maria da Penha
28/10/2011
20:35
É isso ai......
Parabéns pela sua colocação.... Sábias palavras...
O professor não pode nem encostar em aluno que já é crucificado... agora o aluno sim, pode bater, cuspir, chutar, desrespeitar e até matar que a sociedade bate palmas e o aluno esta amparado pelas leis....

Responder

n,e,s,a
28/10/2011
20:48
concordo com vc amiga,ela errou sim.
mas ali naquela creche tem mae q deixa o filho as 6:30 da manha e so pega as 18hs para ficar batendo pernas por ai q ja vi muito.
nao educam o filho e depois os outros q pagem pelo erro.
sera q antes da agressao nao aconteceu algo q desencadeou isso?
julgar e facil
na minha opiniao a prefeitura devia fechar essa creche ja q as professoras sao tao ruins.
ai eu queria ver......

Responder

Ana Flavia da Cruz Santos
28/10/2011
23:23
ah. pelo amor de Deus, agora vão culpar o pequeno por ter sido agredido.

Responder

anonimo
28/10/2011
23:24
Vc fala isso pq não foi com um filho seu, se ela está nesta função deve sim ter sangue de barata, foi a profissão que ela escolheu, se não tem paciência muda de profissão ou pede um afastamento ao psiquiatra, não queira comparar a mentalidade de uma criança de 3 ou 4 anos com uma criança de 10 anos como aconteceu em SCS, por isso que a corrupção fica impune em nosso país, por mentalidade de pessos como vc.

Responder

Ricardo Ramos
29/10/2011
18:58


E os alunos que agridem professores?
Os alunos do maternal que agridem professores.
Fiquei sabendo de casos na creche Bezerra de Menezes de um aluno de 4 anos que com a tesoura cortou o dedo de uma professora no inicio do ano.
Cadê o CAPS infantil, não tem psiquiatra infantil na Prefeitura. Na reportagem o pai dá a enteder que a criança é hiperativa. Esta faltando tratamento psiquiatrico infantil na Prefeitura de Ribeirão Pires.

Responder

anderson
30/10/2011
18:33
sangue de barata ninguem tem mesmo, mas se a pessoa não esta preparada porque vai trabalhar em uma creche?


Responder

De
05/11/2011
00:53
Cara amiga, vc esta colocando a culpa do que aconteceu na criança. Como vc diz, tem mãe que leva o filho na creche para ficar batendo pernas, e por isso elas devem ser maltratadas? A criança não tem culpa das atitudes dos pais e essa professora deve pagar sim pelo que fez, se não tem paciencia com crianças procure outra profissão. Agora tem gente falando que o menino é hiperativo, que tem que passar no Caps? Quem tem que fazer tratamento é essa professora.

Responder



AGS
28/10/2011 - 19:13
Anderson(pai) concordo com vc que diz, que deve ter acontecido outros incidentes, fiquei muito triste ao ver este vídeo. Pena que muitos acham que isto não é violência, isto porque não foi com os filhos deles, mais ainda bem que estão apurando os fatos e espero que a justiça serja feita e que seu filho não seja prejudicado com isso e, transcorra uma vida normal para ele.

Responder



Cleber
28/10/2011 - 23:34
A primeira pessoa disse que isso não eh agressao, so esta puxando a criança pela gola pra ajeitar do lado dela?? vem aqui que eu vou puxar sua gola desse jeito tb pra ficar do meu ladinho ta... Primeiro professor é pago pra educar e isso nao eh educação que se passa, se for sentar a criança pegue a criança e sente ao lado e nao puxar...

Responder



JUJU
28/10/2011 - 23:47
ISSO NÃO UMA PROFESSORA É UMA DOENTE NÃO TERIA QUE ESTAR LIDANDO COM CRIANÇAS TINHA QUE ESTAR DENTRO DE UMA JAULA COM LEÕES NEM TEM AMOR PRÓPIO QUERIA VER VER SE FOSSE FILHO DELA ESSA MAL AMADA POBRE DE ESPIRITO

Responder



Douglas
29/10/2011 - 00:25
Difícil falar se é fato isolado ou não.
O que eu penso é que algumas profissões como o de educador é necessário amor, hoje em dia existe uma banalidade muito grande na hora de se escolher um futuro. Nada absolutamente NADA justifica uma atitude brusca como a da referida professora, e ainda existem muitos que dizem que isso é sensacionalismo, mas só quem é pai ou mãe sabe o verdadeiro sentimento que dá ao assistirmos um vídeo como o que foi exibido.
Simplesmente LAMENTÁVEL

Responder



jopse
29/10/2011 - 02:40
tem que coloca esta professora pelada de bunda pra cima e todas as crianças dar chineladas na bunda dela . estas barangas veias so serve pra isso. mal amadas, ai quer descontar nos filhos dos outros.

faz um levantamento da vida dela.

solterona, ou separada, mal casada, mal amada , deve ser feia ki dói.


vai esperar ok ??

Responder



Chapéuzinho Negro
29/10/2011 - 16:49
Atitudes como essa,nos mostram porque o governo proibiu o uso de celular nas escolas.
Conheço vários casos de agressão,física e moral,em salas de aula,principalmente na rede estadual de ensino,mas infelizmente ainda existem diretores de escola e adjacências que acobertam os fatos em prol do "bom nome da unidade escolar".
Acordem pais...coversem mais com seus filhos,e estejam mais presentes nas unidades de ensino onde os mesmos estudam.
Muitas vezes,algumas crianças se tornam agressivas por serem anteriormente agredidas. :(

Responder



Luiz Gonçalo
31/10/2011 - 10:04
O Fato não foi isolado...Pois que filmou a agressão ,teoricamente ja tinha visto casos semelhante, pois não foi uma criança que gravou as cenas. Em vez de nossos politicos pensar em mais segurança nas escola estão preocudos com reeleição.O ideal e colocar cameras de segurançã nas escolas e a Justiça do Brasil ser mais rigorosa com essas atitudes, começa a colocar esses tipos de pessoas atras das grades pra ver como irá reduzir esses acontecimentos.

Responder



Luiz Gonçalo
31/10/2011 - 10:04
O Fato não foi isolado...Pois que filmou a agressão ,teoricamente ja tinha visto casos semelhante, pois não foi uma criança que gravou as cenas. Em vez de nossos politicos pensar em mais segurança nas escola estão preocudos com reeleição.O ideal e colocar cameras de segurançã nas escolas e a Justiça do Brasil ser mais rigorosa com essas atitudes, começa a colocar esses tipos de pessoas atras das grades pra ver como irá reduzir esses acontecimentos.

Responder



bia
30/10/2011 - 12:28
a voce que diz chega de sencionalismo deve ter parte nisso, pois se fosse o seu filho seria sencionalismo?
Eu pagaria pra ver a sua reação, se fosse um filho seu ou irmão.
A violência tem aumentato por existirem pessoas como você, que acha que isso é normal, tapando o sol com a peneira, e sendo conivente com essas atitudes. E o pior de tudo que nesta cidade tem muitos como você.

Responder



PORRETA DO CATANO
31/10/2011 - 16:10
FOI APROVADO UM PROJETO DE LEI NA CAMARA DOS DEPUTADOS, O QUAL AS ESCOLAS PUBLICAS A PARTIR DO ANO LETIVO DE 2012,FORNECERÃO AOS SEUS EDUCADORES O "KIT PROFESSOR",QUE CONSISTIRÁ EM: UM REVOLVER CALIBRE 38 COM 5 BALAS + 1 CHICOTE DE COURO DE JACARÉ.ESTE KIT DEVERÁ SER UTILIZADO
EM ANJINHOS DELIQUENTES!!!!!

Responder



Maria da Penha
31/10/2011 - 18:26
UMA CRIANÇA DE 4 OU 5 ANOS SABE MUITO BEM O QUE ESTA FAZENDO... E O QUE É CERTO OU ERRADO...... PORTANTO, OS FATOS DEVEM SER AVERIGUADOS SIM....MAS HOJE EM DIA, NÃO EXISTE NENHUMA CRIANÇA SANTA.. E O PROFESSOR NÃO É PAGO PARA EDUCAR.....ISSO COMPETE AOS PAIS ...

Responder



DÉBORA
31/10/2011 - 21:55
AS PESSOAS QUE ACHAM QUE ESTE ACONTECIDO, UM CASO BANAL, EU SÓ DIGO UMA COISA, VC FAZ PARTE DELA POIS PRA DEFENDER UMA ATITUDE DESSA SÓ PODE SER DA MESMA LAIA, POIS SE PUCHAR UMA CRIANÇA DA FORMA QUE ESSA DONINHA PUCHOU A CRIANÇA E O MODO QUE ELA FEZ A CRIANÇA CALAR A BOCA, E AINDA TEM CORAGEM DE DIZER QUE A TAL SÓ AJEITOU A CRIANÇA,E OUTRAS DIZEM QUE ALGUÉM QUE FILMOU POIS ERRADO NO YOU TUB, QUE EXPOS AOS PROFICIONAIS DA ESCOLA, DESCULPE-ME ELA NÃO EXPOS E SIM MOSTROU A VERDADE DE COMO É TRATADA OS NOSSOS FILHOS NESTA CRECHE. INFEZLISMENTE QUEM ADMITE ISSO É DO MESMO NÍVEL SE NÃO FOR PIOR.
TEMOS QUE DENUNCIAR MESMO PESSOAS COMO ESTA, E SE NOS ACORVADARMOS ESTAREMOS SENDO IGUAL A ELAS.
ESTE CASO NÃO É POLÍTICO MAS É DE POLÍCIA,HOJE É ELA, E SE A JUSTIÇA NÃO FOR FEITA VIRA MODA.
E A AS PESSOAS QUE ACHAM QUE ELA SÓ ESTAVA AJEITANDO A CRIANÇA, DÁ PRA ESTA DANINHA AJEITAR VCS DEVEM ESTAR ACOSTUMADOS.

Responder

marlene
27/02/2014
14:17
concorde plenamente com vc Débora.

Responder



Letícia
01/11/2011 - 09:36
Que absurdooooo....Olha se é com minha filha que tbm tem 3 anos eu acaboooooooo com essa mulher , por que isso daí não é gente....
Só Deus pra tomar conta , por que temos que trabalhar para dar o melhor ao nossos filhos.
Claro que esta mulher é uma excessão , por que existem profªs que amam sua profissão.

Responder

anonimo
01/11/2011
10:23
segundo funcionarios, a secretaria de educação diz que é jogo politico, não é,a rede municipal é muito boa, o que tem que ser feito é com relação a professora, na rede record deu pra ver bem, ele bate com a cabeça na cadeira, eu como tec. de enfermagem ja vi crianças chegar em casa e dormir e não acordar e depois a autopsia descobrir fratura de crânio, isso é grave, ela merece levar uma surra sim, quem defende é pior que ela, essa pilantra

Responder

marlene
27/02/2014
14:20
concorde que a rede municipal é boa ... mas tem profissional que não merecem este emprego, e tem que mostrar mesmo não importa em que tv for... se ninguém mostra como é que se corrige?

Responder



Mineirim
01/11/2011 - 13:16
Vi uma reportagem aqui em Minas Gerais,fato acontecido e filmado na cidade de Contagem. Um aluno havia sido expulso da escola por mal comportamento, passados alguns dias, voltou, ameaçou a Diretora de morte,correu atrás da indefesa educadora pelo corredor principal e aplicou-lhe um tremendo chute na bunda,saindo calmamente do recinto..Provavelmente a bunda deve estar ardendo até agora,pois foi um chutaço,ahah,isso foi uai!!! esse é o nosso Brasil...

Responder



Alessandra
04/11/2011 - 09:00
Se é com meu filho...Sei que violência só leva violência...Porém nosso Brasil também não tem justiça..então eu cataria ela pelo cabelo e sairia puxando ela pela sala..e daria uma bela de uma surra...para ela aprender mexer com alguem do tamanho dela.Pois como pode bater em uma criança indefesa..Mesmo que a criança seja arteira ..criança é criança!!!Adulto é Adulto..


Responder



jose quarta divisao
09/11/2011 - 23:03
Lembro com orgulho das familias antigas que tinham inumeros filhos e que conseguiam cuidar de todos com a mãe presente e o marido sustentando o lar. Acho lamentável o ocorrido mas essa é uma oportunidade para analisarmos o modelo em que as crianças são submetidas; elas ficam na creche o dia todo e o custo por criança em média pago por nossos impostos é de 700 (setecentos) reais enquanto uma pessoa em média recebe esse valor no mercado de trabalho . Sugiro aqui que o governo pagasse esse valor para a mae para que ficasse em casa junto de seu filho, acho assim evitaria esse sofrimento.

Responder

marlene
27/02/2014
14:33
huau, até que enfim alguém pensa como eu.. Criei 5 filhos e só fui ser profª aos 40 anos. mas tem pais que tem saber lidar com o salário que ganha para a que as mães não precisem trabalhar.. Mas se quiser ficar dando celular pra criança, tablet para adolescente que nem estudar direito na escola não estudam e internet de 1ª geração para quem nem saber ler direito, shopping,churrasco e cerveja na laje para os amigos todos os finais de semanas, não dá as mães tem que deixar os filhos na rua , creche, e até só em casa. è melhor viver com modéstia e as mãe criarem seus filhos. Salvos aqueles que são órfãos de pai ou mãe.

Responder



Sonia
10/11/2011 - 14:33

SE ESSA CRIATURA QUE DIZ SER PROFESSORA FIZESSE ISSO COM UMA SOBRINHA LINDA QUE EU TENHO, EU ARREBENTAVA ELA PELO MEIO.

Responder



paula
03/10/2012 - 10:03
sinceramente é um absurdo! sei que diante de Deus o preço que ela vai pagar é muito caro...

Responder



Elisangela
08/12/2012 - 21:10
Ela agrediu a criança sim, ao puxá-lo a criança bate a cabeça no ferro da cadeira,isso não é uma profissional e com certeza não é uma pedagoga!

Responder



ANDREA
23/08/2013 - 15:49
A JUSTIÇA TEM QUE TOMAR AS PROVIDÊNCIAS E PUNIR ESSA DELINQUENTE. ELA TEM QUE DAR AULA EM UM REINO ANIMAL.E MESMO ASSIM ELA NÃO SERÁ BEM RECEBIDA!!!VAGABUNDA!!!!....

Responder


+21
+22°
+16°
Ribeirao Pires
Terça-Feira, 24